Alex Silva e Juan descartam crise e evitam tratar Santa como ‘zebra’


São Paulo

Apesar de, no discurso, os jogadores do São Paulo negarem qualquer possibilidade de uma eliminação para o Santa Cruz, nesta quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília), o Tricolor Paulista corre riscos na Arena Barueri. Entretanto, mesmo se o time não se classificar, os jogadores não acreditam em crise no clube. Além disto, os atletas não querem tratar o Santa Cruz como uma zebra na competição.

“Não acho que [em caso de eliminação o São Paulo entre em] crise. O Santa Cruz tem que ser respeitado, pois é um time grande e provou isto na partida de ida”, comentou o lateral esquerdo Juan, em entrevista coletiva concedida nesta terça, antes do treino da equipe.

O zagueiro Alex Silva também não crê em crise, mas vê a possibilidade de uma grande pressão sobre diretoria e jogadores em caso de eliminação precoce. “Crise, não. Não seria nem caso de dispensar treinador, pois o Paulo [César Carpegiani] vem fazendo um bom trabalho. Não acho que isto possa acontecer”, comentou o jogador.

“[A eliminação] nos daria a obrigação de vencer o Paulista e ir bem no Brasileiro. Se perdermos, sabemos que a torcida fará uma pressão muito grande para cima da diretoria”, complementou ojogador.

Apesar de enfrentar um time que vai disputar a Série D nesta temporada, os são-paulinos não menosprezam o Santa Cruz. “É um time da Série D, mas não de Série D. Isto não é o normal pela história e pela camisa do Santa Cruz. Vamos respeitá-los”, prometeu Juan.

“Temos que esperar tudo. Não importa qual a Série que está o time. Talvez se vencêssemos por 1 a 0 lá, nós entrássemos relaxados aqui. Temos que tirar tudo isto como lição. Eles são profissionais como nós e estão concentrados também”, disse Alex Silva, que descartou uma zebra como a eliminação do Corinthians para o Tolima na Libertadores ou a do Internacional para o Mazembe no Mundial de Clubes.

“Para mim, em mata-mata, não existe zebra. Existe alguém jogar melhor. Se o Santa Cruz jogar melhor que o São Paulo, vai passar. Em algumas oportunidades, a bola não entra. Eles trabalham como nós, acordam cedo para treinar… Se classifica o time que é mais aplicado e entra em campo com mais vontade de ganhar”, finalizou o defensor.

[gazeta esportiva]

 

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: